sábado, 24 de outubro de 2009

UMA COISA CHAMADA CONSCIÊNCIA...

"Existem coisas com as quais, definitivamente, não sei lidar.
Não sei jogar e nem me arrisco a isso, porque fatalmente perco.
Perco porque só sei usar as regras normais,
aquelas que são definidas antecipadamente
pelo que é considerado justo pela razão e pelo bom senso.
Essas regras tolas, que algumas pessoas desconhecem
ou fazem questão de ignorar.
Eu poderia aprender a burlar algumas, a manipular o jogo,
a esconder cartas na manga, blefar e enganar.
Mas tem uma coisa em mim que se chama consciência,
que tem o grave defeito de não caber no meu travesseiro,
quando me deito, se acaso faço algo que não devo.
Por isso, procuro deixar a minha consciência sempre tranquila,
perfeitamente acomodada entre o que acredito, penso e faço.
Sendo assim, não perco o sono, mas perco o jogo.
E fico assistindo, com cara de paisagem,
as pessoas empunhando a taça da vitória com uma das mãos,
escondendo atrás do corpo a outra,
cheia de truques e imoralidades.
Para estas, consciência não é problema.
Importa sim estar por cima, doa a quem doer.
Delas, penso duas coisas:
Ou a consciência delas é só aquele grilo verde das historinhas
que não serve para nada,
ou na cama delas deve haver um travesseiro enorme!"
(Helena C. de Araujo)

3 comentários:

maria disse...

Luís eu adorei visitar seu Blog.
Adorei tambem o video que você me mandou Beijos.

Berna disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Berna disse...

Luís eu amei seu blog.
As menssagns são lindas,
e as paissagens também.
Parabéns,você é muito
especia